Menus de configuração no Painel de Administração

GVensino - fome de saber!

Resistor

Resistor

Introdução – O que é Resistor?

Os resistores são provavelmente o componente mais comum na Eletrônica. E por isso mesmo, podemos dizer que são os mais importantes.

O Resistor possui esse nome porque sua função é RESISTIR. Ele Resiste à passagem da corrente elétrica. Dessa forma, podemos dizer que quanto maior a resistência de um Resistor, menor será a corrente sobre ele.

A resistência de um resistor – e de qualquer outro componente elétrico – é medida em Ohms, representado pela letra grega ômega: [Ω]

George Simon Ohm
George Simon Ohm

A unidade Ohm é em homenagem ao físico e matemático alemão George Simon Ohm (1789 – 1854).

Mas o que exatamente quer dizer 1Ω? É o que veremos agora.


Significado do Ohm

Quando temos um resistor de 1Ω, quer dizer que, se inserirmos uma tensão de 1 Volt em seus terminais, iremos obter uma corrente de 1 Ampére. Dito de outra forma, 1Ω = 1V/A (um ohm é igual a um volt por ampére).

Um resistor de 30Ω, portanto, apresentará uma tensão de 30V para gerar uma corrente de 1A.

Já um resistor de 50Ω, precisará de uma tensão maior – 50 Volts – para gerar os mesmos 1A. Isso porque, como vimos, quanto maior a resistência, menor a corrente. Foi por isso que precisamos de uma tensão maior (50V) para gerar os mesmos 1A do Resistor de 30Ω.

E se a resistência aumentar ainda mais, precisaremos cada vez de mais tensão para gerar 1A de corrente.

Isso tudo se resume na famosa Lei de Ohm, que é expressa abaixo:

R=\frac { V }{ I }

Onde: V (Tensão), I (Corrente) e R (Resistência)


Pra que serve um Resistor?

Quando inserimos um Resistor em um circuito, nós estamos:

  • Limitando a sua corrente
  • Dividindo a tensão – parte da tensão que havia antes agora ficará com o Resistor inserido.
  • Provocando aquecimento – Efeito Joule

Vamos estudar separadamente cada uma dessas aplicações.

Limitando a Corrente e Dividindo a Tensão com Resistor

Essa é talvez a aplicação mais óbvia. Um resistor RESISTE à passagem da corrente. Ao inserirmos um resistor em um circuito, nós estamos limitando a corrente. Obviamente que, se estamos limitando a corrente, também estamos interferindo na tensão, certo? Por isso, um Resistor pode ser utilizado para limitar a corrente e/ou dividir a tensão em um circuito. Um exemplo típico disso é o acionamento de um LED.

Os LEDs, em geral, precisam de uma corrente de 20mA e uma tensão de 2V para acenderem bem. Correntes abaixo de 20mA farão o led acender mais fraco. Correntes muito acima de 20mA poderão danificar o LED. Assim sendo, a corrente ideal para a maioria dos LEDs comuns é de 20mA.

Mas, como garantir 20mA – nem algo muito acima disso, nem muito abaixo – em um LED? Sim caro aluno, se você pensou em RESISTOR, acertou em cheio!

Resistor limitando a corrente de um LED
Resistor limitando a corrente de um LED

Na maioria das aplicações com LEDs, um Resistor é ligado em série com o LED, para limitar a sua corrente em 20mA e manter sua tensão em 2V!

Além do Led, há muitos outros casos onde um Resistor pode ser usado para limitar a corrente ou dividir a tensão. Mas nosso foco não é tratar disso agora.

Provocando Aquecimento – Efeito Joule

Quando uma corrente elétrica passa por um material, o movimento dos elétrons por este material gera CALOR. Isso acontece porque todo material – com exceção dos supercondutores – possuem alguma resistência ohmica, mesmo que baixíssima. Por exemplo, um pedaço de fio de cobre possui uma resistência na casa dos mili ohms. É uma resistência muito baixa, mas não deixa de ser uma resistência!

Quando os elétrons percorrem alguma resistência, eles provocam o aquecimento da mesma forma que, quando esfregamos nossas mãos uma com a outra, elas esquentam. O movimento dos elétrons na resistência faz com que a temperatura da resistência suba.

O aquecimento depende da corrente e da resistência do material. Quanto maior a corrente e quanto maior a resistência, mais calor é gerado.

No nosso dia a dia, temos vários exemplos do uso do Efeito Joule. O Chuveiro é um exemplo clássico.

Chuveiro Elétrico
Chuveiro Elétrico

 

Dentro do chuveiro há uma resistência elétrica. Quando a corrente elétrica passa por ela, ela esquenta. Como ela fica em contato com a água, a água esquenta junto, fazendo com que você tome aquele banho quente todos os dias!

Resistência de um Chuveiro
Resistência de um Chuveiro

 

Veja que a resistência do chuveiro não é um Resistor comum. É um resistor feito de fio. Isso acontece para que ele suporte correntes elevadas – acima de 30A.

Além do chuveiro, temos o Ferro de passar, que também gera calor através do efeito joule. Fornos elétricos, Grills, Aquecedores Elétricos, Torneiras Elétricas, dentre vários outros utensílios domésticos, utilizam do Efeito Joule para gerar calor.

ferro_de_passar

©GVensino - Todos os Direitos Reservados
css.php